Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \29\UTC 2009

Próxima parada: Rio de Janeiro!

Próxima parada: Rio de Janeiro!

Começou hoje, em Florianópolis, o 5° Congresso Nacional de Justiça Desportiva.

Grandes nomes do esporte brasileiro estão presentes. Notícia quente que circulou no primeiro dia:

Um ex-presidente de um órgão dos mais importantes do Desporto Brasileiro disse para que quisesse ouvir que é praticamente certo que o Rio de Janeiro seja a sede dos Jogos de 2016.

A explicação é que Chicaco não conseguiu garantias adequadas para a realização dos Jogos e que, por isso, a idéia é realizar a competição em um país cujo fuso horário seja semelhante ao da cidade onde fica o centro midiático dos Estados Unidos – Nova York. Sendo assim, o Rio de Janeiro é a única cidade que possui essa importante característica.

Todos sabem que os maiores patrocinadores dos Jogos são empresas americanas. E a idéia é que as competições cheguem ao ar no horário nobre da TV do Obama.

Soma-se a isso o fato de que foi muito bem recebida a apresentação da candidatura carioca nos bastidores do COI, principalmente a participação e engajamento dos nosso atletas.

O graúdo dirigente afirmou com todas as letras: “Só faltam detalhes”!

Anúncios

Read Full Post »

cabeça areia

Um jogo perdido por 4 a 1 não deve gerar resenha normal. Usamos aquela expressão. Falar o quê??? Realmente. Dois jogadores expulsos. Um com toda justiça. Aliás, por falar em justiça a nossa JD (Justiça Desportiva) poderia fazer uma favor a todos os tricolores e expurgar esse tal de Ratinho do futebol. Esse moleque ainda ousa querer ser chamado de Eduardo. É Ratinho e olhe lá, com todo respeito aos RATOS.

O time é um reflexo do clube. E a verdade, mais cristalina de todas, é que o Fluminense é uma zona! Daquelas bem brabas. Onde você não acha nem o caminho da porta da rua. Porque só essa explicação para encontrarmos dentro do clube alguns pseudo dirigentes que nem de longe, nem de perto, fazem metade do trabalho que deveriam fazer.

As coisas deveriam ser assim:

  1. Leandro Vuaden – o árbitro ladrão que nos afanou discaradamente no jogo contra o Vitória -BA ano passado pelo Brasileirão foi escalado? Diretoria – VETA! VETADO! Escala outro.

Foi assim? Não né. E Kleber Pereira fez gol impedido. Faltas invertidas. Nada que evitasse a derrota. Mas caso o Santos precisasse o Vuaden tava lá!

      2.    Fred tá superticioso? Rasgou a camisa? Fred tem que fazer gol ou então troca a camisa!

Foi assim? Bem se o Fred voltou para o segundo tempo do jogo com a camisa do uniforme antigo porque tá achando que é a camisa que atrapalha tá na hora de chamar Fred no cantinho e mandar ele correr um bocadinho mais nos treinos. Se a camisa rasgou  e não tinha outra é MULTA se foi o primeiro erro da vida ou RUA com quem errou, se foi um erro reincidente! Simples assim! Seu patrão perdoaria um erro desses?

       3.    O time perde. Feio. Por inumeros motivos e já aparecem notícias que dão conta que o patrocinador está         querendo a volta do churrasqueiro.  A diretoria vai e se pronuncia que Parreira é Dalit. Intocável!

Foi assim? Claro que não! A Baleia Horca assasssina colcou o “grande amigo” lá. E agora vê o pseudo bom entendedor de futebol Sr. Celsão fritar um cara de respeito e tricolor até a raíz do cabelo e nada faz! Se omite! Como se omitiu em tantas outras oportunidades. Parreira pra mim é DALIT! Um dos último suspiros de profissionalismo do futebol do Fluminense.

Horcardes, toma vergonha nessa cara!

Fernando Henrique, viu o que o Fantástico fez com você? Toma vergonha nessa sua cara de FRangueiro!

Tote Menezes???? Quem??? Já pediu pra sair?

Thiago Nevez (assim mesmo com “Z” porque esse Thiago é PARAGUAIO/FALCATRUA purinha), você ganha 300 mil por mês pra isso? Vai logo encontrar Ali Babá!

Fred, sem querer te pressionar. Tá na hora de fazer gol!

Time sem vergonha!

Read Full Post »

       fofoca

*Notícias captadas no Sempre Flu dão conta que o Flu negocia com Alex Silva – vulgo Pirulito. Seria uma dupla das alturas com Luiz Alberto, já que Ed Carlos deve sair.

———————————————————————————————————————————————

*O nome de Valdívia era cogitado em sites de relacionamentos, mas agora ganhou força e já aparece como “especulação oficial”.

———————————————————————————————————————————————-

* Já ouvi de mais de uma boca que Thiago Créu Neves continuará desfilando seu poder de decisão pelos gramados brasileiros com a camisa tricolor. Caso o Flu chegue na Libertadores pode ser até que continue até o meio do ano que vêm. É só convencer o sheik!

———————————————————————————————————————————————-

Há que se lamentar: Fabinho ex-Toulouse e Corinthians nã deve vir. E pode ser que pare em um rival carioca. Seria péssimo!

———————————————————————————————————————————————-

 CT vai sair!

—————————————————–

Inté tomorowww no Maraca! Fritar um peixe!

Read Full Post »

Escuto essa expressão faz tempo. É super clichê mesmo. Mas eu adoro usar! Nada mais prático do que uma frase como essa para que alguns jogadores do Corringa – o time de vocês – entendam de uma vez por todas que o Fluminense é imenso e a sua torcida é a mais apaixonada do Brasil. Qualidade é fundamental! Inteligência! Criatividade! É isso que significa torcer. Não é quebrar cadeira! Xingar sem motivo (com motivo póóóóóóóde), dar porrada! Antes de serem um bando de loucos, nós tricolores sempre fomos um bando de APAIXONADOS!

Sofremos humilhações nunca antes sentidas por time nenhum. Fomos rebaixados até onde não existia mais divisão. Jogamos contra times de bombeiros. Sofremos com o lamentável episódio do estouro da Champanhe, do qual não tivemos culpa e pelo qual a opinião pública nos torce o olho até hoje. Fomos tratamos como bandidos no maior momento da história do nosso maravilhoso clube, quando na final da Libertadores 2008 presenciamos a farra dos ingressos. Sofremos com perseguições até agora aparentes da mídia monotemática que só se interessa pelos Loucos e pelos Rubro-Negros das Regatas.

Ser louco por algo que é sempre super – é fácil! Quero ver ser apaixonado, no sentido mais ADO que essa palavra pode ter, por um clube que constantemente é diminuído por pessoas que sequer conhecem 1% de sua história!

Vocês são loucos???

Nós somos ETERNAMENTE APAIXONADOS!

“FLUMINENSE ETERNO AMOR

É POR ISSO QUE EU CANTO

QUE EU VISTO ESSE MANTO

ORGULHO DE SER TRICOLOR!”

 

PS: 38 mil ingressos vendidos! Vai lotar!!!

PS 2: Gravatinha mandou avisar: já está lá!!!

Read Full Post »

Read Full Post »

Corinthians 1 x 0 Fluminense (quartas de final, Copa do Brasil 2009 – Jogo de Ida)

 

Nosso primeiro tempo foi desses para gravar e rever para aprendermos como NÃO DEVEMOS JOGAR NA CASA DO ADVERSÁRIO. Dito isso vamos aos pontos. FH – “o maior goleiro de pés do Brasil” – não falhou. Isso já é muito! Nossos laterais fizeram partidas opostas. João Paulo mal, muito mal. Não marcou nem atacou. Alessandro, lateral-direito limitadissimo dos paulistas parecia até craque. Mariano melhora a cada jogo, mas ainda está longe de ser O Lateral Direito dos sonhos. Porém, se antes achava que tinhamos que contratar dois já não acho mais. Nossa zaga está melhor. No segundo tempo diria que foi perfeita. No primeiro demos algumas pixotadas.

No meio WM jogou melhor do que Maurício, que não jogou nada! Porém, os dois pelos menos estão correndo muito. Marquinho segue sendo o motorzinho. Gostaria que meu amado Parreira conseguisse colocar ele e Conca no mesmo time. Talvez sacando JP e enfiando o Motorzinho na esquerda. Pior não vai ficar, certamente. Thiago Neves não jogou nada, mas mesmo quando nada joga consegue ser perigoso em alguns lances. Me arrisco a dizer que se tivesse mostrado 30% do que fez na final da Libertadores teríamos saido do estádio da prefeitura de São Paulo com uma vitória. Maicon não jogou tão bem quanto contra o São Paulo. Fred é ídolo. Volta, corre, reclama, briga, dá passe, recebe falta, prende a bola. Fazendo tanto não sobra tempo para marcar gols. Mas ele não reclama. Poucas vezes vi um craque tão voluntarioso. Parreira está arrumando a defesa primeiro (FAZ BEM!), para depois cuidar do ataque. Fred SUA HORA VAI CHEGAR, QUEM SABE QUARTA QUE VEM!

FredGol que sua estrela brilhe no jogo de volta! (Créditos: globo.com)

FredGol que sua estrela brilhe no jogo de volta! (Créditos: globo.com)

Quanto ao nosso amado técnico digo que é visível seu dedo no time. Temos mais toque de bola. Jogamos já sabendo o que queremos. E estamos nos defendendo muito bem. Além disso, terminamos o jogo correndo mais que nosso adversário, o quê já é uma puta evolução nessa temporada!

Que quarta que vem o Maracanã seja nosso. Aliás ele adora ser nosso. Sinto uma vibração diferente nos dias de jogos do Flu. Ele fica mais bonito, iluminado. Parece um menino! Ele gosta de ser tricolor. Não me contento com menos de 50 mil! Tem que ser daí pra cima! Vamos empurrar esse time. Ele já está fazendo por merecer!

E será dessas vitórias que só cabe ao Fluminense conseguir. Será lindo de ver. CERTEZA!

Read Full Post »

Hoje estava nas barcas do Rio de Janeiro voltando para Niterói na primeira das viagens da hora mais populosa da concessionária. Como gosto de entrar sem empurrões, esbarrões e afins sempre sou a última, e obviamente não me restou lugar para sentar. Fui me posicionar lá na “proa da embarcação”, como gosta de dizer a locutora. Ou lá na frente, como nós dizemos no dia-a-dia. Pois bem, veja a cena, estou em pé perto de um homem que vai lá pelos seus 50 anos e de uma mulher que arvorosamente se põe a falar com o sujeito. Acredito que fosse sua comadre, pois o homem logo perguntou por “fulano” – filho da mulher – num tom de “estou em falta com ele”.

 Lá pelos três minutos de papo, após a troca de gentilezas inicial, a mulher diz:

 – sabe como é, estou sendo mãe em tempo integral, os meninos estão jogando na escolinha do Fluminense no Clube Português. Vez por outra temos que ir a ‘peneiras’ lá em Xerém, ou em jogos nas Laranjeiras. E continua:

 – o maior está treinando em separado com um tal de x (*a autora não lembra o nome), parece que o cara é um dos nomes mais respeitados lá na base”.

 O homem cinquentão, então, emenda:

 – que bom! Tomara que de certo para os meninos. To em falta com eles. Vou passar lá e chamá-los para ir ao Maracanã comigo. Eu tava indo muito, mas quando tem jogo às dez da noite acho muito ruim. Só vou se for no “bem bom”. Eu tinha um colega que era tesoureiro lá, mas se encheu porque “os caras” querem fazer tudo errado e resolveu pedir o boné. Agora ele ta lá no Botafogo. Quando eu ia com ele ficava no vestiário, depois ia pro camarote, tomava uma cerveja, comia um salgadinho. Aí sim, vale a pena!

 Nessa hora a mulher se apressa em dizer:

 – Ahhh, mas as crianças não gostam assim não. Eles querem a muvuca. Ficam em pé o jogo todo. Gritam de se esgoelar. Voltam roucos. Eu não agüento. E pior que tenho que levar.

 Assustado com tamanho fervor dos moleques o homem se assusta:

– Ihhh, mas eles estão assim é??? Não sei como vai ser. Porque eu gosto mesmo é da cerveja e do salgadinho.

 E ambos caíram na gargalhada. E eu quase que me meto. Até porque já estava com a conversa entalada na garganta. Tesoureiro? Gostam de fazer as coisas erradas? Camarotes? Vestiário? Salgadinhos? A sorte era que a barca era aquela rápida, e já estava na hora de desembarcar. Guardei a cara do cinquentão, quando topar com ele de novo não tem volta!

 O diálogo acima pontua exatamente a questão tratada no tópico anterior. Cinquentões acomodados, como o tiozinho, tinham aos montes na torcida do Flu. Puxando pela memória me recordo, quando menorzinha de idade, de ir a jogos em que muitas vezes só ouvíamos aquele assovio “fil fil fil” e um grito de “nense” só nos momentos de perigo. A verdade é que muitos cinquentões permaneceram nas arquibancadas. Mas o comodismo já sumiu de lá faz tempo. Pena é que alguns ainda permaneçam em outros lugares. No atual quadro diretivo do clube, por exemplo. Sempre achei que um quadro diretivo do que quer que fosse teria que mostrar sem pormenores a cara de seus representados. Conselho Deliberativo, Diretores, Vices, Auxiliares e genéricos (com raríssimas e conhecidas exceções) nem de longe lembram ou representam legitimamente a imensa maioria da torcida que hoje – pelo menos no Maracanã – já retomou a posse e usufruto do Fluminense.

 Os dirigentes do clube e o quadro deliberativo devem ter a cara dos que torcem pelas três cores que traduzem tradição. Devem ser apaixonados, leais, criativos, corretos e acima de todas as coisas devem amar muito, muito mesmo o Eterno Tricolor. E que papos como esse que presenciei hoje nas barcas sejam apenas isso, um papo das barcas que traduz fielmente o quê vemos acontecer nas arquibancadas. O Fluminense somos nós! Tomemos posse agora das Laranjeiras! Porque a arquibancada já é nossa! Chega de salgadinhos!

Read Full Post »

Older Posts »